Pular para o conteúdo

Soluções em Plataforma de Dados

SQL Saturday #284 – Agenda publicada

12 de março de 2014

crespidb

Postado originalmente em Freccia's Blog:

Olá pessoal,

Enfim a agenda do SQL Saturday #284 – Porto Alegre está publicada. Podemos dizer que criamos uma agenda repleta de grandes palestras e de também grandes profissionais.

Serão ao todo 15 palestras sobre Database Administration, Database Development e Business Intelligence, onde teremos a presença de palestrantes muito conceituados no cenario brasileiro.

Estarão presentes palestrando: MVP’s, PFE (Premier Field Engineer), Microsoft CSS Escalation Engineer e´inclusive a presença de um Microsoft Certified Master (MCM). Acredito não precisar mais falar o quão importante este evento será para você que quer aprender SQL Server.

Abaixo está uma imagem da agenda, mas aconselho e é extremamente importante você ir no site do evento e montar sua agenda de palestras. A criação da agenda é importante para garantir sua vaga nas salas de apresentação.

image

Através da opção Scheduler Builder visualizada abaixo, é possivel montar sua agenda.

image

Alguns outros posts interessantes para quem está ou…

Ver original 27 mais palavras

SQL Saturday POA

4 de março de 2014

crespidb

Acontecerá no dia 26 de abril  de 2014 em Porto Alegre – RS um dos mais importantes eventos sobre SQL Server o #SQLSaturday. A CrespiDB Soluções em Plataforma de dados tem o prazer de ser um dos sponsors deste evento.

O mesmo contará com palestrantes de destaque nacional e internacional.

Inscreva-se já o evento é gratuito.

http://sqlsaturday.com/284/register.aspx

1622518_10201746408719068_1921259958_o

 

Security vulnerability in SQL Backup Pro 7.4 & 7.5

4 de dezembro de 2013

crespidb

 

Pessoal, para quem esta usando o SQL Backup Pro da Red Gate veja este link sobre uma falha de vulnerabilidade no produto.

Na verdade a falha afeta a conta usada pelo SQL Backup Pro.

No link abaixo há também o fix de correção.

http://www.red-gate.com/products/dba/sql-backup/entrypage/security-vulnerability

Abraço, Rodrigo.

Curso de Administração de SQL Server 2012

18 de setembro de 2013

crespidb

Pessoal!

Dia 29 de setembro de 2013 inicia o Curso de Administração de SQL Server (nível intermediário) através do Ciclo de Capacitação Técnica do Trino Polo.

Abaixo a imagem de divulgação que contém mais informações.

Abraço, Rodrigo Crespi

SQL Server 2014 – CTP1

26 de junho de 2013

crespidb

Ontem fiz download do CTP1 do SQL Server 2014.

Já estou rodando ele em ambiente de teste com 4 bancos de dados sendo que um deles com mais de um terabyte de espaço no arquivo de dados.

Agora é só montar alguns cenários e testar ao máximo.

Rodrigo

Condições Para Classificar uma Base de Dados Como Distribuída

11 de janeiro de 2013

crespidb

Pessoal,

Esse texto é parte de um dos meus trabalhos de mestrado.

A base de dados distribuída é uma coleção de base de dados construída sobre uma rede e que pertencem, logicamente, a um só sistema distribuído, cumprindo ela as seguintes condições:

  • a informação da base de dados deve estar fisicamente armazenada em diferentes sites da rede;
  • em cada site da rede, além da informação, constitui-se como uma base de dados em si mesma;
  • as bases de dados locais têm seus próprios usuários locais, seus próprios DBMS e programas para a administração de transações e seu próprio administrador local de comunicação de dados;
  • as bases de dados locais devem ter uma extensão que gerencie as funções de sociedade necessárias; a combinação desses componentes com os sistemas de administração de base de dados locais é o que se conhece como Sistema Administrador de Base de Dados Distribuídas;
  • o gestor global permite que os usuários possam acessar os dados a partir de qualquer ponto da rede, como se o fizessem com os dados de sua base de dados local, ou seja, para o usuário não deve existir diferença entre trabalhar com dados locais ou com dados de outros sites da rede

Concluindo, as bases de dados distribuídas são como unidades virtuais cujas partes se armazenam fisicamente em várias bases de dados reais situadas em diversos sites.

Abraço, Rodrigo

24 Horas de PASS em Português

20 de novembro de 2012

crespidb

Pessoal,

Nos dias 27 e 28 de novembro de 2012 acontecerão 24 horas de treinamento gratuito pelo PASS.

Serão 20 especialistas entre Brasil e Portugal.

Eu particularmente já me inscrevi em todas as sessões e recomendo o mesmo a todos interessados.

Para maiores informações veja o link do evento em: http://www.sqlpass.org/24hours/portuguese2012/Home.aspx

Abraço, Rodrigo

SQL Internal Ops Conference

13 de novembro de 2012

crespidb

Pessoal,
Dia 7 de dezembro acontecerá o SQL Internal Ops Conference.
20121113-173626.jpg
“SQL Internal Ops Conference
O SQL Internal Ops Conference é um evento feito pela comunidade, visando trazer bons conteúdos de SQL Server para a comunidade onde passa. No evento teremos palestrantes renomados da comunidade de SQL Server Brasil, assim como palestrantes locais para que a tecnologia possa ser maior divulgada.
No evento será possivel você assistir palestras de Database Administration, Database Developement, Carreira, Certificação, Cases, Azure e muitas outras novidades.”
Nós do SQL Server RS estamos apoiando e participaremos deste evento.
Para mais informações acesse o link: http://sqlinternalopsconference-web.sharepoint.com/Pages/default.aspx
Abraço, Rodrigo Crespi.

Diferenciais de Um Bom Profissional de Banco de Dados

7 de novembro de 2012

crespidb

Algumas pessoas me perguntaram se eu não durmo, como dar conta de diversos projetos e monitoramento de servidores.

Então aqui vão meus 5 cents.

Certa vez ouvi de um professor de música a seguinte frase: “o que o faz o violeiro não é a viola, mas sim o talento”.

Mesmo assim eu não consigo imaginar Steve Vai tocando com um bandolim. Não que eu não acredite no talento dele, mas certamente uma Ibanez realça o mesmo.

… mas voltando ao assunto tempo e os servidores. Acredito que o que colabora para ser eficiente e eficaz no caso de um DBA são os fatores: estudo, ferramentas, dedicação e a satisfação de realizar esse trabalho.

Estudo: eu sei que isso é um jargão “mas nos dias de hoje …” enfim, o mínimo que nós profissionais de banco de dados devemos fazer é andar no ritmo dos meios de controle de dados, ou seja, estar sempre atualizados.

Cada cliente é um cenário e em cada cenário há algo diferente, imprevisto ou desafiador.

Eu não acredito que uma educação formal seja o suficiente, mas também não creio que seja desnecessária.

Certificação, graduação, pós-graduação, mestrado, doutorado, idiomas são todas formas de engrandecer nosso conhecimento, formar novas ligações neurológicas e nos tornarmos menos compadecentes da intervenção divina nos problemas de migração, restore e etc.

Ferramentas: ainda que o SQL Server seja um ótimo SGBD e que as ferramentas do pacote da Microsoft sejam completas, um facilitador para verificar um restore ou um serviço que envia e-mail conforme os contadores de um servidor pode ser um diferencial para quem quer ser eficiente e eficaz.

Uma vez escutei de um aluno: “eu sou um “cara de infra não preciso saber programar”. Neste momento como um bom MCT respondi: “saber programar é um diferencial para o “cara de infra, assim como entender de infra é um diferencial para o “cara de desenvolvimento”.

Podem acreditar! Ferramentas de terceiros são uma mão na roda.

Veja o site da Red Gate ou tenha uma ideia por este vídeo: http://embed.buto.tv/d6Ftb

Agora um DBA que consegue ensinar um desenvolvedor a colocar o nome da aplicação no conector do .NET na hora de abrir a conexão certamente fará a diferença.

Não podemos esquecer do Power Shell que certamente “exclui os fracos dos fortes. Para saber mais sobre Power Shell recomendo o blog do meu amigo Larte Júnior.

Ainda na linha das ferramentas de desenvolvimento, quando houver uma migração de dados, uma importação gigantesca ou algo similar vocês vão querer ter ouvido falar do Integration Services e irão lembrar que eu falei da importância de saber programar .Net. Para saber mais sobre SSIS recomendo o blog da minha amiga Andressa Martins.

Dedicação: estudar muito, saber um pouco de cada tecnologia e ser especialista em Banco de Dados exige duas coisas: dedicação e paixão.

Alguns ex-alunos já comentaram comigo coisas do tipo: “DBA ganha bem”, “trabalhar com banco de dados da dinheiro”. Leitores, isso é mito. Eu não conheço nenhum DBA rico de dinheiro, mas conheço muitos que vivem bem e são satisfeitos com o seu trabalho.

Dinheiro x Responsabilidade. E se o banco de dados parar? Se corromper? Se não entrar no ar? Claro que todo o profissional de TI passar por algum tipo de pressão. No entanto, eu estou me referindo a uma responsabilidade impagável. A de conseguir dormir sabendo que esta tudo sob controle.

Satisfação pelo trabalho: não acredito em bom profissional que não ama o que faz. Eu tenho prazer de trabalhar, de receber problemas e esquentar a cabeça pensando em solucionar ou passar noites sem dormir para ver um serviço de qualidade.

Leitores, minha intenção neste post foi sintetizar o que eu venho dizendo para colegas, clientes, alunos e amigos. Estudo, dedicação, ferramentas e a satisfação são os diferenciais para se tornar um bom profissional de banco de dados.

7º Encontro do SQL Server RS

21 de outubro de 2012

crespidb

Pessoal,

Acontecerá dia 26 de outubro as 19 horas o sétimo encontro do SQL Server RS.

Desta vez Eu e o Marcus (@mvbitt) vamos conduzir o encontro em duas partes:

Na primeira uma apresentação do novo sistema operacional da Microsoft;

Na segunda uma introdução sobre o SSIS (SQL Server Integration Services) e suas aplicabilidades.

Para saber mais sobre o encontro acesse o link abaixo e inscreva-se.

http://sqlserverrs.com.br/sqlserverrs/?p=310

Abraço,

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 306 outros seguidores